Instituto Gianni Ratto

DESTAQUES NA CARREIRA

Gianni Ratto nasceu em Milão em 27 de agosto de 1916, mas viveu até a juventude em Gênova, com a mãe, Maria Ratto, pianista e professora de canto lírico. Na escola primária era chamado de “bastardo” por não levar o nome do pai, de quem Maria se separou quando era muito pequeno e passou a sustentá-lo sozinha através de seu trabalho com a música. Foi assim que Ratto teve seu primeiro contato com a arte: não apenas com a música, como também com a cenografia, pois foi uma aluna de sua mãe (filha de Gordon Craig) que o levou, pela primeira vez, ao ateliê do cenógrafo - experiência que o marcaria por toda a vida.

Começou a trabalhar no campo das artes e da cultura muito jovem. Enquanto ainda estudava no Liceu Artístico, conseguiu um estágio com Mario Labò, renomado arquiteto genovês que tornou-se seu grande amigo e mestre. Inscreveu-se, também, em diversos concursos organizados pelo governo nas áreas de cenografia e cinema, obtendo êxito em vários deles e terminando por conseguir uma bolsa de estudos para cursar Direção no Centro Experimental de Cinema de Roma.

Estudou também Arquitetura no Politécnico de Milão, mas foi obrigado a abandonar tudo em função do início da Segunda Guerra Mundial, que ocorreu enquanto prestava o Serviço Militar obrigatório. Não concordando com a posição de seu país, desertou do exército italiano e fugiu para a Grécia, onde viveu com camponeses por dois anos, passando todo tipo de necessidade, até o término da Guerra.

Em 1946 mudou-se para Milão e começou, junto com o amigo da escola de oficiais Paolo Grassi, a fazer teatro como cenógrafo. Trabalhando, a partir daí, em todas as vertentes do espetáculo (teatro dramático e lírico, musical, dança e revista), sua carreira teve uma rápida evolução que culminou com a fundação do Piccolo Teatro de Milão, ao lado de Grassi e Giorgio Strehler, e o trabalho como cenógrafo e vice-diretor artístico do Teatro Alla Scala de Milão. Tornou-se um dos cenógrafos mais respeitados da Europa.

Trabalhou brevemente no TBC (Teatro Brasileiro de Comédia) e organizou um departamento de teatro para o MASP. Fundou e dirigiu companhias teatrais estáveis, como o Teatro dos Sete, em 1958 (com Fernanda Montenegro, Fernando Torres, Sergio Britto e Ítalo Rossi), que teve um trabalho altamente premiado, e o Teatro Novo, nos anos 1970, um teatro/escola que abrigava um elenco permanente, um corpo de baile e uma orquestra de câmara - iniciativa fechada pela ditadura militar. Através de seu trabalho e dos conhecimentos que trouxe, participou como formador de pelo menos três gerações de artistas e técnicos teatrais brasileiros. Atuou também, formalmente, como professor, em vários cursos ministrados em diversas escolas e centros culturais (EAD-USP, Conservatório Nacional de Teatro, Universidade da Bahia, entre outros).

Realizou inúmeras montagens teatrais e operísticas, exercendo diversas funções na construção da cena: direção, iluminação, cenário e figurino, o que fez dele um verdadeiro “homem de teatro”. Trabalhou também, como tradutor de textos teatrais, articulista para jornais e revistas, e autor de prefácios e textos para livros. Foi, ocasionalmente, ator, como no filme “Sábado”, de Ugo Giorgetti, e na série de TV “Anarquistas Graças a Deus”. Aos oitenta anos tornou-se escritor na língua portuguesa, publicando seu primeiro livro, uma autobiografia, “A Mochila do Mascate”. Publicou também “Antitratado de Cenografia”, “Crônicas Improváveis”, “Noturnos” e “Hipocritando”. Recebeu inúmeros prêmios ao longo dos anos, e em 2003 recebeu o Prêmio Shell por sua contribuição para o teatro brasileiro.

Faleceu em 30 de dezembro de 2005 em São Paulo, aos 89 anos de idade.

1945

IL LUTTO SI ADDICE AD ELETTRA “O luto condiz a Eletra”
de Eugene O´Neill
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Cia.Benassi- Torrieri
Teatro Odeon, Milão

1946

CALIGOLA
de Albert Camus
Direção: Giorgio Strehler
Cenarios e figurinos: Gianni Ratto
Cia. Renzo Ricci
Teatro della Pergola, Firenze
LA VOCE UMANA – de Jean Cocteau “A voz humana”
CAVALCATA AL MARE – de Synge “Cavalgada a beira-mar”
VISIONI DI MAGGIO – de W.B.Yeats “Visões de maio”
Direção: Ivo Chiesa
Cenários : Gianni Ratto
Teatro Sperimentale Luigi Pirandello, Genova
TRAGEDIA D´AMORE
de Gunnar Heiberg
Direção: Gian Maria Guglielmino
Cenarios: Gianni Ratto
Teatro Sperimentale Luigi Pirandello, Genova
LA LUNA È TRAMONTATA “A lua no ocaso”
de John Steimbeck
Direção: Vito Pandolfi
Cenarios: Gianni Ratto
Cia, Ruggero-Ruggeri
Teatro della Pergola, Firenze
Teatro Odeon, Milão
I GIORNI DELLA VITA ( NICK-BAR ) “Os dias da vida”
de William Saroyan
Direção: Adolfo Celi
Cenarios; Gianni Ratto
Figurinos: Fiori e Finzi
Cia, Vittorio de Sica / Besozzi/ Gioi
Teatro Olimpia , Milão
TERESA RAQUIN
de Emile Zola
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Cia. Maltagliati/ Sainati/ Randone/ Hiinrich
Teatro Odeon , Milão
DESIDERIO SOTTO GLI OLMI “Desejo sob os olmos”
de Eugene O´Neill
Direção: Giorgio Strehler
Cenários e Figurinos: Gianni Ratto
Cia. Maltagliati/ Randone/Carraro/ Hinrich
Teatro Odeon, Milão
UNA DONNA LIBERA “Uma mulher livre”
de Armand Salacrou
Direção: Giorgio Strehler
Cenarios: Gianni Ratto
Cia.Maltagliati/Randone/Carraro/ Hinrich
Teatro Odeon, Milão
SOTTO I PONTI DI NEW YORK (WINTERSET) “Sob as pontes de New York”
de Maxwell Anderson
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Cia. Maltagliati/Randone/Carraro/ Hinrich
Teatro Odeon, Milão
DIETRO A QUEL PALAZZO “Atrás daquele palácio”
de Acchille Campanile
Direção: Mario Landi
Cenários e Figurinos: Gianni Ratto
Coreografia: Rosita Lupi
Teatro Del Parco, Milão
SOGNO DI UNA SERA DI MEZZA ESTATE “Sonho de uma noite de verão”
de William Shakespeare
Direção: Alessandro Brissoni
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Maud Strudhoff
Teatro dell´arte, Milão
MALENTENDU “O equivoco”
de Albert Camus
Direção: Giorgio Strehler
Cenarios: Gianni Ratto
Teatro Odeon, Milão
GIOVENTU MALATA “Juventude doente”
de Ferdinand Bruckner
Direção: Mario Landi
Cenários: Gianni Ratto
Cia. Elena Zareschi
Teatro Excelsior, Milão
VITTORIA
de Somerset Maughan
Direção: Ernesto Sabatini
Cenários: Gianni Ratto
Cia. Mainer Lualdi
Teatro Excelsior, Milão
LA GUERRA SPIEGATA AI POVERI “A guerra explicada aos pobres”
de Ennio Flaiano
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Cia. Mainer Lualdi
Teatro Excelsior, Milão
FESTIVAL DEGLI AUTORI ITALIANI : “Festival de autores italianos”
de Ennio Flaiano, Dino Buzzati, Giovanni Mosca, Enrico Emanueli, Silvio Giovaninetti, Leo Longanesi, Achille Campanile, Giancarlo Vigorelli, Gilberto Loverso.
Direção : Mario Landi / Giorgio Strehler
Cenarios: Gianni Ratto
Cia.Brignone/ Santucio/ Carraro/ Zeppeli
Teatro Excelsior , Milão
CRONACA “Cronica”
de Leopoldo Trieste
Direção: Mario Landi
Cenarios: Gianni Ratto
Teatro Excelsior, Milão
PICCOLI BORGHESI “ Pequenos burgueses”
de Massimo Gorki
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Emma Calderini
Cia. Brignone/ Randone/ Spermi/ Sabbatini
Teatro Excelsior , Milão
I DENTI DELL´ EREMITA “ Os dentes do eremita”
de Carlo Terron
Direção: Alessandro Brissoni
Cenários: Gianni Ratto
Cia. Mainer Lualdi
Teatro delle Arti , Milão
KNOCK, ovvero IL TRIONFO DELLA MEDICINA “ Knock,ou O triunfo da medicina”
de Jules Romain
Direção: Sergio Tofano
Cenários: Gianni Ratto
Teatro Olimpia , Milão
PICK-UP GIRL
de Elsa Shelley
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Cia. Ruggeri-Adani
Teatro Nuovo, Milão
CAVALO A DONDOLO “Cavalinho de balanço”
de Marcel Achard
Direção: Luciano Mondolfo
Cenarios: Gianni Ratto
Teatro dell´Arte , Milão
CIÒ CHE NON SAI “Aquilo que você não sabe”
de Silvio Giovaninetti
Cenarios: Gianni Ratto
Cia. Calindri
Teatro Excelsior, Milão
LA CITTÁ PROIBITA “A cidade proibida”
de Enzo Mancini
Direção: Mario Landi
Cenarios: Gianni Ratto
Coreografia : Avia de Luca
Teatro dell´Arte , Milão

1947

LA BELLA HELENA “A bela Helena”
de Hoffenbach
Direção: Mario Landi
Cenários: Gianni Ratto
Teatro Del Parco, Milão
QUESTO PICCOLO MONDO “Este pequeno mundo”
de Noel Coward
Cenarios: Gianni Ratto
Cia. Cimara/ Brignone
Teatro Excelsior , Milão
APPUNTAMENTO A SENLIS “Encontro em Senlis”
de Jean Anouihl
Direção: Guido Salvini
Cenários: Gianni Ratto
Cia. Almirante/ Bagni/ Cortese/ Villi
Teatro Excelsior, Milão
Teatro Eliseo, Roma
LA TRAVIATA
Musica: Giuseppe Verdi
Libreto: Francesco Maria Piave
Regencia: Maestro Tulio Serafim
Direção: Giorgio Strehler
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Coreografias: Aurelio Miloss
Teatro allla Scala, Milão
IL SOLDATO TANAKA “O soldado Tanaka”
de Georg Kaiser
Direção: Mario Landi / Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Coreografias: Rosita Lupi
Cia. Tofano/ Randone/ Negri
Teatro Olimpia, Milão
LA MIA MIGLIORE AMICA “Minha melhor amiga”
de John Van Druten
Cenarios : Gianni Ratto
Cia.Bagni/ Cortese
Teatro Eliseo , Roma
MALIA
de Luigi Capuana
Direção: Mario Landi
Cenários: Gianni Ratto
Cia. Benassi/ Torrieri/Tofano
Teatro Olimpia, Milão
L´ALBERGO DEI POVERI “ Ralé “
de Massimo Gorki
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Piccolo Teatro, Milão
Teatro La Fenice , Veneza (VIII Festival Internacional de Teatro)
LE NOTTI DELL’IRA “As noites da ira”
Autor: Armand Salacrou
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Músicas: Fiorenzo Carpi
Piccolo Teatro, Milão
IL MAGO DEI PRODIGI “O mago dos prodígios”
de Calderon de La Barca
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Músicas: Fiorenzo Carpi
Piccolo Teatro, Milão
ARLECCHINO, SERVITORE DI DUE PADRONI “Arlequim, servo de dois amos”
de Carlo Goldoni
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Músicas: Fiorenzo Carpi
Mimica: Rosita Lupi
Piccolo Teatro, Milão
DOMANI È SEMPRE DOMENICA “Amanhã é sempre domingo”
de Piero Garinei e Sandro Giovannini
Regente: Maestro Vittorio Giuliani
Direção: Garinei e Giovannini
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos : Folco
Musicas: Giovanni D’Anzi, Gorni Kramer, Vittorio Giuliani, Zecca
Coreografias: Dino Solari
Cia. Wanda Osiris / Enrico Viarisio
Teatro Lirico, Milão
I GIGANTI DELLA MONTAGNA “Os gigantes da montanha”
de Luigi Pirandello
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Músicas: Fiorenzo Carpi
Máscaras: Marta Latis
Piccolo Teatro, Milão
QUATRO DONNE “Quatro mulheres”
de Marcel Moulodji
Direção: Mario Landi
Cenários: Gianni Ratto
Cia. Gioi / Neri
Teatro Odeon, Milão
L’ URAGANO “O furacão”
de Alexander Nikolaevic Ostrovski
Direção: Giorgio Strehler
Cenários e Figurinos: Gianni Ratto
Piccolo Teatro, Milão
QUERELA CONTRO L’ IGNOTO “Queixa contra o desconhecido”
de Georges Neveux
Direção: Mario Landi
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Piccolo Teatro, Milão
L’ AMORE DELLE TRE MELARANCE “O amor das três laranjas”
Música: Sergei Prokofiev
Libreto: Prokofiev e Carlo Gozzi
Regência: Maestro Ângelo Questa
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Coreografias: Ugo dell´Ara
Teatro alla Scala, Milão
GALINNA OGNI DOMENICA “Galinha todo domingo”
de Julius e Philip Epstein
Direção: Adolfo Celi
Cenários: Gianni Ratto
Teatro Nuovo, Milão
L’ ISOLA DISABITATA “A ilha deserta”
de Pietro Metastasio
Direção: Sergio Tofano
Cenarios: Gianni Ratto
Cia. Tofano / Negri
Teatro Olimpia, Milão

1948

GEORGES DANDIN
de Moliere
Regencia: Maestro Malatesta
Direção: Mainer Lualdi
Cenários: Gianni Ratto
Músicas: Lulli
Cia.Peppino di Filippo
Circolo dell’Arlecchino, Milão
LA SGUALDRINA TIMORATA “A prostituta respeitosa”
de Jean-Paul Sartre
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Teatro Nuovo, Milão
DELITTO E CASTIGO “Crime e castigo”
de Gaston Baty ( sobre romance de Dostoievski)
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Casa Safas, sob curadoria de Ebe Colciaghi
Musicas: Fiorenzo Carpi
Piccolo Teatro, Milão
L´ENFANT ET LES SORTILEGES “A criança e os sortilégios”
Musica: Maurice Ravel
Libreto: Colette
Regencia: Maestro Victor de Sabata
Direção: Guido Salvini
Projeto cenográfico: Gianni Ratto
Cenarios: Gino Romei
Teatro alla Scala, Milão
LA SELVAGGIA “A selvagem”
de Jean Anouilh
Direção: Guido Salvini
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Musicas: Fiorenzo Carpi
Piccolo Teatro, Milão
RICARDO II
de William Shakespeare
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Musicas: Fiorenzo Carpi
Coreografias: Rosita Lupi
Piccolo Teatro, Milão
LA TEMPESTA “ A tempestade”
de William Shakespeare
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Musicas: Fiorenzo Carpi ( sobre tema de Domenico Scarlatti )
Coreografias: Rosita Lupi
Cia. Piccolo Teatro di Milano
Giardino di Boboli, Firenze ( XI Maio Musical Fiorentino)
ASSASSINIO NELLA CATEDRALE “Assassinato na catedral”
de Thomas Stearns Eliot
Regencia: Maestro Piombino
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos e mascaras: Bissietta
Musicas: Fiorenzo Carpi
Catedral di San Ambrosio, San Miniato
O CORVO
de Carlo Gozzi
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Musicas: Fiorenzo Carpi
Cia. Piccolo Teatro di Milano
Teatro La Fenice, Veneza ( IX Festival Internacional de Teatro)
GRAND HOTEL
Autor: Pietro Garinei e Sandro Giovannini
Direção: Garinei e Giovannini
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Folco
Musicas: Frustaci e Giuliani
Coreografias: Dino Solari
Cia.Wanda Osiris
Teatro Lirico, Milão
IL GABBIANO “A gaivota”
de Anton Cechov
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Musicas: Fiorenzo Carpi
Piccolo Teatro, Milão

1949

BADA CHE TI MANGIO “ Cuidado que te como”
de Michele Galdieri
Regencia: Maestro Mariano Rossi
Direção: Michele Galdieri
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Costanzi e Torres
Coreografias: Gisa Geert
Cia.Toto´/ Remigio Paone
Teatro Nuovo, Milão
PECCATO CHE FOSSE UNA SGUALDRINA “Pena que fosse uma mundana”
de John Ford
Direção: Luciano Lucignani
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Anna Salvatore
Ridotto del Teatro Communale, Firenze
LA TORRE SUL POLLAIO “A torre sobre o galinheiro”
de Vittorio Calvino
Direção: Sergio Tofano
Cenarios: Gianni Ratto
Teatro Communale , San Remo
IL MATRIMONIO SEGRETO “O casamento secreto”
Música: Domenico Cimarosa
Libreto: Giovanni Bertati
Regência: Maestro Mario Rossi
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto / Gino Romei
Figurinos: Ebe Colciaghi
Teatro alla Scala, Milão
FILIPPO
de Vitório Alfieri
Direção: Orazio Costa
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Teatro Alfieri, Asti
Piccolo Teatro, Milão
GENTE NEL TEMPO “Gente no tempo”
de Ivo Chiesa ( do romance de Bontempelli)
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Piccolo Teatro, Milão
L’ ASSÉDIO DE CORINTO “O cerco de Corinto”
Musica: Gioacchino Rossini
Regência: Maestro Gabrielli Santini
Direção: Enrico Frigerio
Cenários: Gianni Ratto
Teatro Communale, Firenze ( XII Maio Musical Fiorentino)
QUO VADIS
de Oreste Biancoli, Dino Falconi, Otto Vergani
Regencia: Maestro D’Ardena
Direção: Oreste Biancoli
Cenarios: Gianni Ratto
Cia. Remigio Paone
Teatro Nuovo, Milão
LULU ( “Lo spirito della terra” / “Il vaso di Pandora”) “O espírito da terra” / “O vaso de Pandora”
de Frank Wedekind
Música: Alban Berg
Regencia: Maestro Nino Sanzogno
Direção: Giorgio Strehler
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Teatro La Fenice, Veneza
(XII Festival Internacional de Música Contemporânea e III Outono Musical Veneziano)
LA BISBETICA SOGNATA “A megera sonhada”
de Enrico Bassano
Direção: Macario
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Sebastiano Soldati
Musicas: Pasquale Frustacci
Versos: Anacleto Francini
Genova
L´ALBA DELL´ ULTIMA SERA “O alvorecer da ultima noite”
de Riccardo Baccheli
Direção: Alessandro Brissoni
Cenários: Gianni Ratto
Teatro La Fenice, Veneza ( X Festival Internacional de Teatro)
Piccolo Teatro, Milão
L’IMPERATORE JONES “O imperador Jones”
de Eugene O´Neill
Direção: Mario Landi
Cenários: Gianni Ratto
Cia. Benassi/Maltagliati
Teatro Odeon, Milão
IL PICCOLO EYOLF “O pequeno Eyolf”
de Henrik Ibsen
Direção: Giorgio Strehler
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Piccolo Teatro, Milão

1950

LA PARIGINA “A parisiense”
de Henri Becque
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Piccolo Teatro, Milão
CAROSELLO NAPOLETANO “Carrossel napolitano”
de Ettore Giannini
Regencia: Maestro Nino Stanco
Direção: Ettore Giannini
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Maria de Matteis
Musicas: Raffaelle Gervasio
Coreografias: Ugo Dell´Ara
Cia. Remigio Paone
Teatro della Pergola, Firenze
ANCHE I GRASSI HANNO L’ ONORE “Tambem os gordos têm honra”
de Valentino Bompiani
Direção: Alessandro Brissoni
Cenarios : Gianni Ratto
Cia. Paggani / Cervi
Teatro della Pergola, Firenze
I GIUSTI “Os justos”
de Albert Camus
Direção: Giorgio Strehler
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Piccolo Teatro, Milão
L’ ALLEGRA BRIGATA “A alegre brigada”
Musica: Gian Francesco Malipiero
Libreto: Gian Francesco Malipiero
Regência: Maestro Nino Sanzogno
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Coreografias: Yurek Shabelevski
Teatro alla Scala, Milão
DON PASQUALE
Musica: Gaetano Donizetti
Libreto: M.A. ( Giovanni Ruffini)
Regência: Maestro Franco Capuana
Direção Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Teatro alla Scala, Milão
ARLECCHINO, SERVITORE DI DUE PADRONI (2.versão)
de Carlo Goldoni
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Musicas: Fiorenzo Carpi
Mascaras: Amleto Sartori
Cia. Piccolo Teatro di Milano
Teatro alla Pergola, Firenze ( XIII Maio Musical Fiorentino)
LA PUTTA HONORATA “A moça honrada”
de Carlo Goldoni)
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Musicas: Ermanno Wolf – Ferrari
Cia. Piccolo Teatro di Milano
Campo San Trovaso, Veneza ( XI Festival Internacional de Teatro)
GLI INNAMORATI “Os enamorados”
de Carlo Goldoni
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Teatro Sociale, Lecco
Piccolo Teatro, Milão
CORTEO STORICO DELLE MANIFESTAZIONE COLOMBIANE “Cortejo histórico das celebrações Colombianas”
Concepção e direção: Gianni Ratto
Genova
ESTATE E FUMO “Verão e fumaça”
de Tenessee Williams
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Musicas: Fiorenzo Carpi
Piccolo Teatro, Milão
LA MORTE DI DANTON “A morte de Danton”
de Georg Buchner
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: (modelos da época)
Musicas: Umberto Andréa Cattini
Teatro Sociale, Lecco
Piccolo Teatro, Milão
PEER GYNT
de Henrik Ibsen
Direção: Vittorio Gasman
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos e Máscaras: Emanuelle Luzatti
Musica: Grieg, adaptada por Fiorenzo Carpi
Coreografias : Vera Petri
Teatro Nazionale, Roma
PULCINELLA
de Igor Stravinski, sobre tema de Giovanni Battista Pergolesi
Regência: Maestro Nino Sanzogno
Cenários e Figurinos: Gianni Ratto
Coreografias: Boris Romanoff
Teatro alla Scala, Milão

1951

CASA DI BAMBOLA “Casa de boneca”
de Henrik Ibsen
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Teatro Donizetti, Bergamo
Piccolo Teatro, Milão
OBERTO, CONDE DE SAN BONIFÁCIO “ Oberto, Conde de São Bonifacio”
Música: Giuseppe Verdi
Libreto: Antonio Piazza e Temistocle Solera
Regência: Maestro Franco Capuana
Direção: Mario Frigerio
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Teatro alla Scala, Milão
LA CECCHINA, ossia LA BUONA FIGLIOLA “A boa filhota”
Música: Niccolò Piccinni
Libreto: Carlo Goldoni
Regência: Maestro Franco Capuana
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Teatro alla Scala, Milão
L’ ELISIR D’AMORE “O elixir de amor”
Musica: Gaetano Donizetti
Libreto: Felice Romani
Regência: Maestro Argeo Quadri
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Teatro alla Scala, Milão
L’ ORO MATTO “O ouro louco”
de Silvio Giovaninetti
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Músicas: Fiorenzo Carpi
Mascaras: Marta Latis
Pantominas: Rosita Lupi
Piccolo Teatro, Milão
NON GIURARE SU NIENTE “Não jure sobre nada”
de Alfred de Musset
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Rosetta Tofano
Musicas: Fiorenzo Carpi
Piccolo Teatro, Milão
FRANNA ALLO SCALO NORD “Desabamento na estação norte”
de Ugo Betti
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Piccolo Teatro, Milão
LA COLLINA “A colina”
Musica: Mario Peragallo
Madrigal cênico da “Antologia de Spoon River” de Edgar Lee Masters
Regência: Maestro Nino Sanzogno
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Coreografias: Ugo Dell´Ara
Teatro alla Scala, Milão
GIUDITTA “ Judite”
Musica: Arthur Honegger
Libreto: René Morax
Regência: Issay Dobrowen
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebbe Colciaghi
Teatro alla Scala, Milão
L’ OSTERIA PORTOGHESE “A hospedaria portuguesa”
Musica: Luigi Cherubini
Libreto: Etienne Saint- Aignan
Regência: Maestro Franco Capuana
Direção: Ricardo Picozzi
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Teatro alla Scala, Milão
LA DODICESIMA NOTTE “A noite de Reis”
de William Shakespeare
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Músicas: Fiorenzo Carpi
Cia. Piccolo Teatro di Milano
Teatro all´Aperto di Pallazzo Grassi, Veneza
ELETTRA
de Sófocles
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Felipe Casorati
Músicas: Fiorenzo Carpi
Teatro Olimpico, Vicenza
Piccolo Teatro, Milão
LA CARRIERA D´UN LIBERTINO (The rake´s Progress) “A carreira de um libertino
Música: Igor Stravinski
Libreto: Wystan Hugh Auden e Chester Kallman
Regência: Maestro Igor Stravinski
Direção: Carl Ebert
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Teatro La Fenice, Veneza ( XIV Festival de Musica Contemporanea)
Teatro alla Scala, Milão
LA PULCE ALL´ORECHIO “ A pulga atrás da orelha”
de Georges Feydeau
Direção: Georges Vitaly
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Píer Luigi Pizzi
Teatro Odeon, Milão
IL MÉDICO VOLANTE “O medico volante”
de Moliere
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Musicas: Fiorenzo Carpi
Piccolo Teatro, Milão
BORINAGE
de Alberto Bertolini
Direção: Pietro Sharoff
Cenários: Gianni Ratto
Teatro Olimpia, Milão
OPLÁ, NOI VIVIAMO ! “Opa, nós vivemos !”
de Ernst Toller
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Músicas: Fiorenzo Carpi , Gino Negri , Kurt Weill e Fritz Hollander
Piccolo Teatro, Milão
MARSIA
Música: Luigi Dallapiccola
Concepção: Aurelio Milloss
Regência: Maestro Nino Sanzogno
Coreografias: Aurélio Milloss
Cenários e Figurinos: Gianni Ratto
Teatro alla Scala, Milão

1952

EMMA
de Federico Zardi
Direção: Giorgio Strehler
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Piccolo Teatro, Milão
LAZZARO
de Luigi Pirandello
Direção: Claudio Fino
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Emma Calderini
Cia. Pagnani
Teatro Carignano, Turim
Teatro Odeon, Milão
EL AMOR BRUJO “O amor bruxo”
Música: Manuel de Falla
Argumento: Gregorio Martinez Sierra
Regencia: Gino Marinuzzi
Cenários: Gianni Ratto
Coreografias: Boris Romanoff
Teatro dell´Opera, Roma
IL RATTO DAL SERRAGLIO “O rapto do Serralho”
Música: Wolfgang Amadeus Mozart
Libreto: Johann Gottlieb Stephanie
Regência: Maestro Jonel Oerelea
Direção: Ettore Giannini
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Eleonor Fini
Teatro alla Scala, Milão
WOZZECK
Música: Alban Berg
Libreto: Georg Buchner
Regência: Maestro Dimitri Mitropoulos
Direção: Herbert Graf
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Teatro alla Scala, Milão
LA CRISALIDA ( La legenda della seta) “A crisálida” ( “A lenda da seda”)
Regencia : Georges Deleure
Direção: Lagneau
Cenários: Gianni Ratto
Musicas: Enio Marconi
Coreografias: Nyota Inyota
Teatro del Palazzo Grassi, Veneza
I FANATICI “Os fanáticos”
de Vittorio Metz e Marcello Marchesi
Regencia: Maestro Mariano Rossi
Direção: Marcello Marchesi
Cenários: Gianni Ratto
Músicas: Gorni Kramer
Coreografias: Donn Arden
Figurinos: Henri Fost
Cia. Remigio Paone
Teatro Nuovo, Milão
I PICCOLI BORGHESI “Os pequenos burgueses”
de Massimo Gorki
Direção: Giannino Galloni
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Cia.Piccolo Teatro di Genova
Teatro Eleonora Duse, Genova
TUTTO FA BROADWAY “Tudo acaba em Broadway”
de Marchesi e Metz
Regência: Maestro Fucilli
Direção: Marcello Marchesi
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Veccia e Folco
Coreografias: Gisa Geert
Cia. Chiari - Campannini
Teatro Sistina, Roma
ELIZABETHA D´ INGHILTERRA “ Elisabeth da Inglaterra”
de Ferdinand Bruckner
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Giulio Coltellacci
Músicas: Fiorenzo Carpi
Piccolo Teatro, Milão
SECOLO XX “Seculo xx”
de Ben Hecht
Direção: Daniele D´Anza
Cenários: Gianni Ratto
Cia. Stabile della città di Venezia
Teatro Excelsior, Milão
IL REVISORE “O revisor”
de Nicolai Gogol
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Vittorio Lucchi
Músicas: Fiorenzo Carpi
Piccolo Teatro, Milão
IL GELOSO SCHERNITO “O ciumento zombado”
de Giovanni Battista Pergolesi
Regência: Ennio Gerelli
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebbe Colciaghi
Teatro Angelicum, Milão

1953

L´ ITALIANA IN LONDRA “A italiana em Londres”
Música: Domenico Cimarosa
Libreto: Giuseppe Petrosellini
Regência: Enrico Piazza
Direção: Sandro Bolchi
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebbe Colciaghi
Cia.del Teatro alla Scala di Milano
Teatro Reggio, Parma
Théâtre dês Champs Elysées, Paris
I VELENI NON FANNO MALE “Os venenos não fazem mal”
de Hietman
Direção: Alessandro Fersen
Cenarios: Gianni Ratto
Cia. Piccolo Teatro di Genova
Teatro Eleonora Duse, Genova
L´INGRANAGGIO “A engrenagem”
de Jean-Paul Sartre
Direção: Giorgio Strehler
Cenarios: Gianni Ratto
Musicas: Fiorenzo Carpi
Piccolo Teatro, Milão
SEI PERSONAGGI IN CERCA D´AUTORE “Seis personagens em busca de um autor”
de Luigi Pirandello
Direção: Giannino Galloni
Cenários: Gianni Ratto
Cia Piccolo Teatro di Genova
Teatro Eleonora Duse, Genova
SACRILÉGIO MÁSSIMO “Sacrilegio Maximo”
de Stefano Pirandello
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Músicas: Gino Negri
Piccolo Teatro, Milão
SETTE SCALINI AZURRI “Sete escadinhas azuis”
de Orio Vergani, Carlo Silva, Italo Terzoli
Cenarios : Gianni Ratto
Musicas: Mario Consiglio
Cia. Brignone
Teatro della Pergola, Firenze
SEI PERSONAGGI IN CERCA D´AUTORE “Seis personagens em busca de um autor”
de Luigi Pirandello
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Cia. Piccolo Teatro di Milano
Teatro Marigny, Paris
LULU
de Carlo Bertolazzi
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Piccolo Teatro, Milão
UN CASO CLINICO
de Dino Buzzati
Direção: Giorgio Strehler
Cenários: Gianni Ratto
Músicas: Fiorenzo Carpi
Piccolo Teatro, Milão
APPUNTAMENTO NEL MICHIGAN “Encontro em Michigan”
de Franco Cannarozzo
Direção: Franco Enriquez
Cenários: Gianni Ratto
Músicas: Gino Negri
Piccolo Teatro, Milão
L´INCORONAZIONE DI POPPEA “A coroação de Pompeia”
Música: Cláudio Monteverdi
Libreto: Gian Francesco Busenello
Regência: Carlo Maria Giulini
Direção: Marguerita Walmann
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Dimitri Bauchéne
Teatro alla Scala, Milão
I FRATELLI KARAMAZOV “Os irmãos Karamazov”
de Jacques Copeau e Jean Croué, sobre a obra de Dostoievski
Direção e Figurinos: André Barsacq
Cenários: Gianni Ratto
Cia. Stabile del Teatro di Via Manzoni
Teatro Exccelsior, Milão
FUOCO SULLA TERRA “Fogo sobre a terra”
de François Mauriac
Direção: Giannino Galloni
Cenários: Gianni Ratto
Cia. Piccolo Teatro di Genova
Teatro Eleonora Duse, Genova
LA FAMIGLIA DELL´ ANTIQUÁRIO “A família do antiquário”
de Carlo Goldoni
Direção: Giannino Galloni
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Cia. Piccolo Teatro di Genova
Teatro Eleonora Duse, Genova

1954

GLI ORIZONTI DEL SOLE (film) “Os horizontes do sol”
Direção: Giovanni Paolucci
Cenários: Gianni Ratto
Produção: Phoenix Film
Roma
LUCIA DE LAMMERMOR
Música: Gaetano Donizetti
Libreto: Salvatore Cammarano
Regência: Herbert von Karajan
Direção: Herbert von Karajan
Cenários: Gianni Ratto
Figurinos: Ebe Colciaghi
Teatro alla Scala, Milão
O CANTO DA COTOVIA
de Jean anouilh
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos : Luciana Petrucelli
Cia Sandro Polonio- Maria Della Costa
Teatro Maria Della Costa, São Paulo

1955

COM A PULGA ATRAS DA ORELHA
De Georges Feydeau
Direção:Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminação : Gianni Ratto
Figurinos: Luciana Petrucelli
Cia Sandro Polonio-Maria Della Costa
Teatro Maria Della Costa, São Paulo
A MORATORIA
de Jorge Andrade
Direção: Gianni Ratto
Cenarios : Gianni Ratto
Figurinos: Luciana Petrucelli
Cia Sandro Polonio-Maria Della Costa
Teatro Maria Della Costa, São Paulo
DIALOGO DAS CARMELITAS
de Bernanos
Direção: Flaminio Bollini
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos : Carlos Bastos
Teatro Copacabana, Rio de Janeiro
MIRANDOLINA
de Carlo Goldoni
Direção: Rggero Jacobbi
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos : Luciana Petrucelli
Cia Sandro Polonio-Maria Della Costa
Teatro Maria Della Costa, São Paulo
ZAZÁ
de Ruggero Leoncavallo
Regencia: Maestro Nino Verchi
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Luciana Petrucelli
Teatro Municipal, Rio de Janeiro
A ILHA DOS PAPAGAIOS
de Sergio Tofano
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos : Luciana Petrucelli
Cia Sandro Poloni-Maria Della Costa
Teatro Maria Della Costa, São Paulo

1956

UM CAPRICHO
de Alfred de Musset
Direção : Gianni Ratto
Escola de Arte Dramatica
Teatro João Caetano, São Paulo
EURYDICE
de Jean Anouilh
Direção:Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Luciana Petrucelli
Musica: Maestro Diogo Pacheco
Cia Franco Zampari
Teatro Brasileiro de Comedia, São Paulo
O DEMONIO FAMILIAR
de Jose de Alencar
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Alfredo Mesquita
Figurinos: Alfredo Mesquita
Escola de Arte Dramatica
Teatro do S.AS.M, São Paulo
JACQUES OU A SUBMISSÃO
de Eugene Ionesco
Direção: Gianni Ratto
Escola de Arte Dramatica
Teatro Leopoldo Froes, São Paulo

1957

NOSSA VIDA COM PAPAI
de H. Lindsay e Russel Crouse
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Iluminação: Gianni Ratto
Cia Franco Zampari
Teatro Brasileiro de Comedia, São Paulo
O TELESCOPIO
de Jorge Andrade
Direção: Paulo Francis
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Cia nacional de Comedia
Teatro Republica, Rio de Janeiro
PEDRO MICO
de Antonio Callado
Direção: Paulo Francis
Cenografia: Oscar Niemeyer
Direção técnica e Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Nacional de Comedia, Rio de Janeiro
JOGO DE CRIANÇAS
de João Bethencourt
Direção: João Bethencourt
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Teatro Nacional de Comedia, Rio de Janeiro
È DE XURUPITO
de Valter Pinto
Direção: Valter Pinto
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Rio de Janeiro

1958

O SANTO E A PORCA
de Ariano Suassuna
Direção: Zbgniev Ziembinski
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Teatro Dulcina, Rio de Janeiro
JORNADA DE UM LONGO DIA PARA DENTRO DA NOITE
de Eugene O´Neill
Direção: Zbgniev Ziembinski
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Teatro Dulcina, Rio de Janeiro
AS TRES IRMÃS
de Anton Tchecov
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Luciana Petrucelli
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro da Universidade da Bahia, Salvador
O TESOURO DE CHICA DA SILVA
de Antonio Callado
Direção: Gianni Ratto
Figurinos: Luciana Petrucelli
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro da Universidade da Bahia, Salvador

1959

A DANÇA DOS TOREADORES
de Jean Anouilh
Direção: Augusto Boal
Cenarios: Gianni Ratto
Teatro de Arena, São Paulo
O MAMBEMBE
de Arthur Azevedo
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Napoleão Moniz Freire
Musicas: Assis Pacheco e Antonio Lopes
Maestro regente: Kalúa
Iluminação: Gianni Ratto
Cia Teatro dos Sete
Teatro Municipal, Rio de Janeiro

1960

A PROFISSÃO DA SENHORA WARREN
de Bernard Shaw
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Luciana Petrucelli
Iluminação: Gianni Ratto
Cia Teatro dos Sete
Teatro Copacabana, Rio de Janeiro
SANGUE NO DOMINGO
de Walter G. Durst
Direção: Zgniev Ziembinski
Cenarios: Gianni Ratto
Teatro Dulcina, Rio de Janeiro
O CRISTO PROCLAMADO
de Francisco Pereira da Silva
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Bellá Paes Leme
Iluminação: Gianni Ratto
Cia Teatro dos Sete
Teatro Copacabana, Rio de Janeiro
COM A PULGA ATRAS DA ORELHA
de Georges Feydeau
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murinho
Iluminação: Gianni Ratto
Cia Teatro dos Sete
Teatro Ginastico, Rio de Janeiro
BOCA DE OURO
de Nelson Rodrigues
Direção: Zgniev Ziembinski
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Tulio Costa
Teatro Federação, São Paulo
A MENINA DAS NUVENS
Musica: Heitor Villa lobos
Baseada em conto de Lucia Benedetti
Regencia : Maestro Edoardo De Guarnieri
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Bellá Paes Leme
Coreografias: Eugenia Feodorova
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro
O DESCOBRIMENTO DO BRASIL
Musica: Heitor Vila lobos
Libreto: Circe Amado
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Bellá Paes Leme
Coreografias: Tatiana Leskova
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro

1961

O BEIJO NO ASFALTO
De Nelson Rodrigues
Direção: Fernando Torres
Cenarios: Gianni Ratto
Cia Teatro dos Sete
Teatro Ginastico, Rio de Janeiro
APAGUE MEU “SPOT LIGHT”
de Jocy de Oliveira
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Bellá Paes Leme
Musica: Luciano Berio
Iluminação: Gianni Ratto
Mascaras: Dirceu Nery
Teatro Municipal, Rio de Janeiro
FESTIVAL DE COMEDIA :
- O VELHO CIUMENTO de Cervantes
- O MEDICO VOLANTE de Moliere
- O CIUME DE UM PEDESTRE de Martins Pena
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Marie Louise Nery
Musica: Edino Krieger
Iluminação: Gianni Ratto
Cia Teatro dos Sete
Teatro Maison de France, Rio de Janeiro

1962

O HOMEM, A BESTA E A VIRTUDE
de Luigi Pirandello
Direção: Gianni Ratto
Cenarios : Gianni Ratto
Figurinos: Bellá Paes Leme
Iluminação: Gianni Ratto
Cia Teatro dos Sete
Teatro Maison de France, Rio de Janeiro
AS PEQUENAS RAPOSAS
de Lilian Helman
Direção: João Augusto
Cenarios: Gianni Ratto
Teatro Maison de France, Rio de Janeiro
OBA !
de Carlos Machado
Direção: Carlos Machado
Cenarios: Gianni Ratto
Musica: Vicente Paiva
Teatro Maison de France, Rio de Janeiro
IL DIBUCK
Musica: Ludovico Rocca
Libreto: Renato Simoni
Regencia: Maestro Nino Stinco
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Marie Louise Nery
Coreografias: Tatiana Leskova
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro
FALSTAFF
Musica: Giuseppe Verdi
Libreto: Arrigo Boito
Regencia: Maestro Edoardo De Guarnieri
Cenarios: Arlindo Rodrigues, Bellá Paes Leme, Newton Sá
Figurinos: Bellá Paes Leme
Coreografias: Tatiana Leskova
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro
AUTO DA FESTA DE SÃO LOURENÇO
de Pe. Jose de Anchieta
Direção: Gianni Ratto
Alunos Conservatorio Nacional de Teatro
Teatro Nacional de Comedia, Rio de Janeiro
BOA NOITE BETTINA
de Giovannini, Garinei e Kramer
Orquestração e Regencia : Maestro George Kaszás
Direção; Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Aelson
Coreografias: Ricardo Abellan
Iluminação: Jose Alonso
Cia Teatro Record e Otelo Zeloni
Reatro Record, São Paulo

1963

CESAR E CLEOPATRA
de Bernard Shaw
Direção: Zgniev Ziembinski
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Musica: Damiano Cozzella
Teatro Cacilda Becker, São Paulo

1964

DIARIO DE UM LOUCO
de Nicolas Gogol
Direção: Ivan de Albuquerque
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Walter Bacci
Teatro Dulcina, Rio de Janeiro
A DAMA DO MAXIM´S
de Georges Feydeau
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos;Kalma Murtinho
Musica: Geny Marcondes
Cia Tonia Carrero / Paulo Autram
Teatro Maison de France, Rio de Janeiro
MIRANDOLINA
de Carlo Goldoni
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Cia Teatro dos Sete
Teatro Ginastico, Rio de Janeiro
WERTHER
Musica: Jules Massenet
Libreto: E.Blau, P.Milliet, G.Hartman
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Sodre, Montevideu

1965

AUTO DA ALMA
de Gil Vicente
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Bellá Paes Leme
Figurinos: Bellá Paes Leme
Musica: Geny Marcondes
Adaptação: Walmir Ayala
Teatro Nacional de Comedia, Rio de Janeiro
SEBASTIAN
Musica: Giancarlo Menotti
Cenarios: Gianni Ratto
Coreografias: W. Dollar
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro

1966

SE CORRER O BICHO PEGA SE FICAR O BICHO COME
de Oduvaldo Viana Filho e Ferreira Gullar
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Walter Bacci
Musica: Geny Marcondes e Denoy de Oliveira
Acessorios: Walter Bacci
Teatro Opinião, Rio de Janeiro
O SANTO INQUERITO
de Dias Gomes
Direção: Zgniev Ziembinski
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Teatro Jovem, Rio de Janeiro
EL RETABLO DE MAESE PEDRO
de Manuel de Falla
Regencia: Maestro Isaac Karabtchevsky
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Ilo Krugli
Iluminação: Gianni Ratto
Bonecos e marionetes: Ilo Krugli e Pedro Touron
Sala Cecilia Meireles, Rio de Janeiro

1967

A SAIDA, ONDE FICA A SAIDA ?
de Antonio Carlos Fontoura, Armando Costa e Ferreira Gullar
Direção: João das Neves
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Dirceu e Marie Louise Nery
Acessorios: Dirceu e Marie Louise Nery
Teatro Opinião, Rio de Janeiro
ISSO DEVIA SER PROIBIDO
de Braulio Pedroso e Walmor Chagas
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Cyro del Nero
Figurinos: Alceu Penna
Musica: Julio Medaglia
Coreografias: Marilena Ansaldi
Iluminação: Domingos Teixeira
Teatro Cacilda Becker, São Paulo
RASTO ATRAS
de Jorge Andrade
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Bellá Paes Leme
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Nacional de Comedia, Rio de Janeiro
MULHER,ESSE SUPER-HOMEM
de Millor Fernandes
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Cyro del Nero
Figurinos: Alceu Penna
Musica: Geraldo Vandré
Teatro Clara Nunes, Rio de Janeiro
PETER GRIMES
Musica: Benjamin Britten
Libreto: Montagu Slater
Regencia: Maestro Henrique Morelembaum
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Marie Louise Nery
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro
TOSCA
Musica: Giacomo Puccini
Libreto: Luigi Illica e Giuseppe Giacosa
Direção: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro
CAVALLERIA RUSTICANA, de Piero Mascagni
PAGLIACCI, de Ruggero Leoncavallo
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro
DANÇA EM QUATRO INSTRUMENTOS
Musica: J. S. Bach
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Bea Feitler, Nino Giovanetti, Gilberto Motta
Temporada Margot Fonteyn e Rudolf Nureyev
Teatro Municipal, Rio de Janeiro
METASTASIS
Musica: Iannis Xenakis
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Julya Van Roger
Coreografias: Nina Verchinina
Temporada Margot Fonteyn e Rufolf Nureyev
Teatro Municipal, Rio de Janeiro

1968

RALÉ
de Maximo Gorki
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Walter Bacci
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Novo, Rio de Janeiro
O PEQUENO PRINCIPE
de Saint-Exupery
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Adaptação: Jean Michell
Teatro Novo, Rio de Janeiro
DURA LEX SED LEX NO CABELO SÓ GUMEX
de Oduvaldo Viana Filho
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Carlos Fontes
Figurinos: Marie Louise Nery
Musica: Dori Caymi, Francis Hime, Sidney Waisman
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Mesbla, Rio de Janeiro

1969

CONVERGENCIAS // RHYTHMETRON
Musica: Marlos Nobre
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Marie Louise Nery
Coreografias: Arthur Mitchell
Cia Brasileira de Ballet
Teatro Novo, Rio de Janeiro
O MARIDO DE CONCEIÇÃO SALDANHA
de João Mohana
Direção: Zigniev Ziembinski
Cenarios: Gianni Ratto
Teatro Serrador, Rio de Janeiro
UBU-REI
de Alfred Jarry
Direção: Gianni Ratto
Figurinos: Pedro Touron
Musica: Cecilia Conde
Marionetes: Ilo Krugli
Cia Dramatica Teatro Novo
Teatro Italia, São Paulo
BECO SEM SAIDA ( Encontro em Vichy)
de Arthur Miller
Direçaõ: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Tatiana Memoria
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Princesa Isabel, Rio de Janeiro

1970

ODORICO, O BEM AMADO
de Dias Gomes
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Teatro Princesa Isabel, Rio de Janeiro
AS CRIATURAS DE PROMETEU
Musica: Ludwig van Beethoven
Argumento : Gianni Ratto
Regencia: Maestro Mario Tavares
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Bellá Paes Leme
Coreografias: Dennis Gray
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro

1971

ABELARDO E HELOISA
de Ronald Millor
Direção: Flavio Rangel
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Ninete Von Vuchelen
Musica: Carlos Lyra
Direção musical: Teo de Barros
Iluminação: Flavio Rangel
Teatro Paiol, São Paulo
ELIXIR DO AMOR
Musica: Gaetano Donizetti
Libreto: Felice Romani
Regencia: Maestro Diogo Pacheco
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Teatro Municipal, São Paulo

1972

FIGARO OU UM DIA MUITO LOUCO
de Pierre Beaumarchais
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Ninete Von Vuchelen
Musica: Murilo Alvarenga
Iluminação: Luis Marchi
Cia Mauricio Segall e Fernando Torres
Teatro São Pedro, São Paulo
POR MARES NUNCA DANTES NAVEGADOS
de Afonso Grisoli e Tite de Lemos
Direção: Afonso Grisoli
Cenarios: Joel de Carvalho
Figurinos: Joel de Carvalho
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro
A CAPITAL FEDERAL
de Arthur Azevedo
Direção: Flavio Rangel
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Ninete Von Vuchelen
Direção musical: Teo de Barros
Coreografias: Marika Gidali
Iluminação: Zé da Silva
Teatro Anchieta, São Paulo
A GRANDE IMPRECAÇÃO DIANTE DOS MUROS DA CIDADE
de Tankred Dorst
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Coreografias: Rafael Rodrigues
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro São Pedro, São Paulo

1973

FRANK V
de Friedrich Durrenmatt
Direção: Fernando Peixoto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Teatro São Pedro, São Paulo
CAMINHO DE VOLTA
de Consuelo de Castro
Direção: Fernando Peixoto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Iluminação: Jose Cornachini
Cia. Othon Bastos Produções Artisticas
Teatro Aliança Francesa, São Paulo
DR. FAUSTO DA SILVA
de Paulo Pontes
Direção: Flavio Rangel
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Fernando Azevedo
Teatro Glaucio Gil, Rio de Janeiro
COPELIA
Musica: Delibes
Regencia: Maestro Henrique Morelembaum
Cenarios: Gianni Ratto
Coreografias: Tatiana Leskova
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro

1974

UM BONDE CHAMADO DESEJO
De Tenesse Williams
Direção: Kiko Jaez
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Musica: Paulo Herculano
Iluminação: Abel Kopanski
Teatro Anchieta, São Paulo
PIPPIN
de Roger O. Hirson e Stephen Schartz
Direção: Flavio Rangel
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Teatro Adolfo Bloch, Rio de Janeiro
O JOGO DO PODER SEGUNDO SHAKESPEARE
de Carlos Queiroz Telles
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminaçõ: Gianni Ratto
Teatro Aliança Francesa, São Paulo

1975

O ATELIER DE MADAME ZAZÁ
de Georges Feydeau
Direção: Jose Renato
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Teatro Maison de France, Rio de Janeiro
MUMÚ, A VACA METAFISICA
de Marcilio Soares
Direção: Flavio Rangel
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Teatro Nacional de Comedia, Rio de Janeiro
RICARDO III
de William Shakespeare
Direção: Antunes Filho
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Musica: Conrado Silva
Adereços: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Campinas
O DUELO
de Bernardo Santareno
Direção: Roberto Vignati
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Glaucia Amaral
Musica: Amilson Godoy
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Oficina, São Paulo
UM ESTRANHO CASAL
de Neil Simon
Direção: Jô Soares
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Ipanema, Rio de Janeiro
GOTA D´AGUA
de Oduvaldo Viana Filho, Paulo Pontes, Chico Buarque
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Walter Bacci
Figurinos: Walter Bacci
Musica: Chico Buarque
Direção Musical: Dori Caymi
Coreografias: Luciano Luciani
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Tereza Raquel, Rio de Janeiro
OS EXECUTIVOS
de Mauro Chaves
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro São Pedro, São Paulo

1976

CANÇÃO DE FOGO
de Jairo Lima
Direção: Luis Mendonça
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Laerte Thomé e Marcos Borges
Musicas: Alceu Valença, Katia de França, Livardo Alves
Teatro Cacilda Becker, São Paulo
PONTO DE PARTIDA
de Gianfrancesco Guarnieri
Direção: Fernando Peixoto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Teatro TAIB, São Paulo
VIVALDINO, CRIADO DE DOIS PATRÕES
de Carlo Goldoni
Direção: Jose Renato
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos : Kalma Murtinho
Teatro Casa Grande, Rio de Janeiro
Il TABARRO // GIANNI SCHICCHI
de Giacomo Puccini
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro João Caetano, Rio de Janeiro
Il CAMPANELLO
de Gaetano Donizetti
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Niteroi
AMAL, ou OS VISITANTES DA NOITE
de Gian-Carlo Menotti
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Niteroi

1977

O BARBEIRO DE NICHTEROY
de Antonio Pedro e Flavio Santiago
Direção: Antonio Pedro
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
TeatroMunicipal, Niteroi
DEIRIO TROPICAL
de Stanislau Witkiewcz
Direção: Emilio di Biasi
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Iluminação: Abel Kopanski
Musica: Conrado Silva
Teatro Anchieta, São Paulo
PEQUENOS BURGUESES
de Maximo Gorki
Direção: Renato Borghi
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Musica: Paulo Herculano
Teatro TAIB, São Paulo
SONATA SEM DÓ PARA TRES EXECUTANTES
de Marcilio Moraes
Direção: Teresa Thieriot
Cenarios: Gianni Ratto
Musica: Conrado Silva
Teatro Eugenio Kusnet, São Paulo
OS SALTIMBANCOS
de Chico Buarque
Direção: Silney Siqueira
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Teatro da Universidade Catolica ( TUCA), São Paulo
O DIARIO DE ANNE FRANK
de Frances Goochich e Herbert Hachett
Direção: Antonio Mercado
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Paiol, São Paulo
SALVADOR ROSA
Musica: Antonio Carlos Gomes
Libreto: Antonio Ghislanzoni
Regencia: Maestro Simon Blech
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Teatro Municipal, São Paulo

1978

GATA EM TETO DE ZINCO QUENTE
de Tenesse Williams
Direção: Kiko Jaez
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Brigadeiro, São Paulo
O GRANDE AMOR DE NOSSAS VIDAS
de Consuelo de Castro
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Paiol, São Paulo
CAIXA DE SOMBRAS
de Michel Cristofer
Direção: Emilio di Biasi
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro FAAP, São Paulo
MURRO EM PONTA DE FACA
De Augusto Boal
Direção: Fernando Peixoto
Cenarios: Gianni Ratto
Teatro TAIB, São Paulo
SARGENTO DE MILICIAS
de Francisco Mignone
Regencia: Maestro Mario Tavares
Direção: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro

1979

O REI DE RAMOS
de Dias Gomes
Direção: Flavio Rangel
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Musica: Chico Buarque e Francis Hime
Coreografias: Fernando Azevedo
Teatro João Caetano, Rio de Janeiro
LOLA MORENO
de Braulio Pedroso
Direção: Antonio Pedro
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Musica: John Neschling
Teatro Mesbla, Rio de Janeiro
UM RUBI NO UMBIGO
de Ferreira Gullar
Direção: Bibi Ferreira
Cenarios: Gianni Ratto
Teatro Casagrande, Rio de Janeiro
LO SCHIAVO
Musica: Antonio Carlos Gomes
Libreto: A. Taunay e R. Paravicini
Regencia: Maestro David Machado
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Leopoldina, Porto Alegre
Teatro Sodre, Montevideu
Teatro Municipal, São Paulo

1980

GOTA DE AGUA
de Paulo Pontes, Chico Buarque e Oduvaldo Viana Filho
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Walter Bacci
Figurinos: Walter Bacci
Musica: Chico Buarque
Direção Musical: Murilo Alvarenga
Coreografias: Renato Magalhães
Teatro de La Nacion, Ciudad de Mexico
SERGIO CARDOSO EM PROSA E VERSO
Direção: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Sergio Cardoso, São Paulo
DON GIOVANNI
Musica: Wolfgang Amadeus Mozart
Libreto: Lorenzo de Ponte
Regencia: Maestro Davi Machado
Direção: Gianni Ratto
Cenarios:Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Coreografias: Dennis Gray
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro

1981

A VENERAVEL MADAME GONEAU
de João Bethencourt
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Cyro del Nero
Figurinos: Alceu Penna
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Paiol, São Paulo
LA BOHEME
Musica: Giacomo Puccini
Libreto: Giuseppe Giacosa e Luigi Illica
Regencia: Maestro Henrique Morelembaum
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Aldo Calvo
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, São Paulo
O BARBEIRO DE SEVILHA
Musica: Giacomo Rossini
Libreto: Cesare Sterbini
Regencia; Maestro Romano Gandolfi
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminaçao: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro
SUOR ANGELICA
de Giacomo Puccini
Regencia: Maestro Tulio Colacciopo
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipa, São Paulo

1982

A ETERNA LUTA ENTRE O HOMEM E A MULHER
de Millor Fernandes
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Iluminação: Gianni Ratto
Acessorios: Marie Louise Nery e Padua
Teatro Clara Nunes, Rio de Janeiro
AMADEUS
De Peter Schafer
Direção: Flavio Rangel
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Teatro Adolfo Bloch, Rio de Janeiro
VIDIGAL, MEMORIAS DE UM SARGENTO DE MILICIAS
de Millor Fernandes
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Dorloff Lopes Pereira da Silva
Figurinos: Millor Fernandes
Musica: Carlos Lyra
Coreografias: Carlota Portela
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro João Caetano, Rio de Janeiro
DESENCONTROS CLANDESTINOS
de Neil Simon
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Augusto Francisco
Figurinos: Augusto Francisco
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro A Hebraica, São Paulo
HEDDA GABLER
de Henrik Ibsen
Direção: Gilles Gwizdek
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Guaira - Auditorio Salvador Ferrante, Curitiba
A FLAUTA MAGICA
Musica: Wolfgang Amadeus Mozart
Libreto: Emanuel Schikaneder e Carl Ludwig Giesecke
Regencia: Maestro Gregory Fischer
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni RattoIluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro
WOZZECK
de Alban Berg
Regencia: Maestro Isaac Karabitchevsky
Direção: Fernando Peixoto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Teatro Municipal, São Paulo

1983

VARGAS
de Dias Gomes e Ferreira Gullar
Direção: Flavio Rangel
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Iluminação: Flavio Rangel
Teatro João Caetano, Rio de Janeiro
PIAF
de Pam Gems
Direção: Flavio Rangel
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Iluminação: Flavio Rangel
Teatro Ginastico, Rio de Janeiro
OITO MULHERES
de Robert Thomas
Direção: Kiko Jaez
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Hilton, São Paulo
O ELIXIR DO AMOR
Musica: Gaetano Donizetti
Libreto: Eugene Scribe
Regencia: Maestro John Neschling
Direção: Antonio Pedro
Cenarios; Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro
LA VIDA BREVE
Musica: Manuel de Falla
Libreto: Carlos Fernandez Shaw
Direção: Silney Siqueira
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Teatro Municipal, São Paulo
CARMINA BURANA
de Carl Orff
Direção: Silney Siqueira
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Teatro Municipal, São Paulo

1984

O LEITO NUPCIAL
de Jean de Hartog
Direção: Emilio di Biasi
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Lu Marton
Iluminação: Gianni Ratto e Emilio di Biasi
Teatro FAAP, São Paulo
FREUD NO DISTANTE PAIS DAS ALMAS
de Henry Denker
Direção: Flavio Rangel
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Iluminação: Flavio Rangel
Teatro Clara Nunes, Rio de Janeiro
OH! CALCUTTA!
de Kenneth Tynam
Direção: Kiko Jaez
Cenarios: Gianni Ratto
Direção Musical: Wanderley Martins
Coreografias: Marilena Ansaldi
Teatro Brigadeiro, São Paulo
NEGÓCIOS DE ESTADO
de Louis Verneuil
Direção: Flavio Rangel
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Iluminação: Flavio Rangel
Teatro Hilton, São Paulo
COM A PULGA ATRAS DA ORELHA
de Georges Feydeau
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Iluminaçao: Gianni Ratto
Teatro Procopio Ferreira, São Paulo
DON GIOVANNI
Musica: Wolfgang Amadeus Mozart
Libreto: Lorenzo da Ponte
Regencia: Maestro John Nesching
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Dominik Hartman
Coreografias: Armando Jorge
Teatro Nacional São Carlos, Lisboa

1985

O QUE O MORDOMO VIU
de Joe Orton
Direção: Flavio Rangel
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Iluminação: Flavio Rangel
Teatro Clara Nunes, Rio de Janeiro
LOUCO CIRCO DO DESEJO
de Consuelo de Castro
Direção: Vladimir Capella
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminação: Giani Ratto
Teatro Maksoud Plaza, São Paulo
SONHO OU TALVEZ NÃO
de Luigi Pirandello
Direção: Marcia Abujanra
Cenarios: Luis Frugoli
Figurinos: Gianni Ratto
Trilha sonora: Tunica
Teatro Igreja, São Paulo
LA CENERENTOLA
Musica: Gioacchino Rossini
Libreto: Jacopo Ferreti
Regencia: Maestro John Neschling
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Alfredo Furiga
Teatro Nacional São Carlos, Lisboa

1986

CYRANO DE BERGERAC
de Edmond Rostand
Direção: Flavio Rangel
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Direção Musical: Murilo Alvarenga
Coreografias: Clarisse Abujanra
Iluminação: Flavio Rangel
Teatro Cultura Artistica, São Paulo
DRACULA
de Hamilton Deane e John Balderston
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Trilha Sonora: Tunica
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Procopio Ferreira, São Paulo
O GUARANI
Musica: Antonio Carlos Gomes
Libreto: Antonio Scabrini e Carlo D´Ormerille
Regencia: Maestro Roberto Duarte
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Giani Ratto
Figurinos: Acervo Funarj
Coreografias: Sylvio Dufreger
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro

1987

OS AMORE DE TENESSE WILLIAMS
de Paulo Wolff
Direção: Kiko Jaez
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Guilherme Guimarães
Iluminação: Gianni Ratto e Kiko Jaez
Teatro Municipal, Santos
Teatro Maksoud Plaza, São Paulo
LADRÃO QUE ROUBA LADRÃO
de Dario Fo
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Miguel Paiva
Musica: Claudio Savietto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Glauce Rocha, Rio de Janeiro

1988

O AMANTE DE MADAME VIDAL
de Louis Verneuil
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Hilton, São Paulo
O BARBEIRO DE SEVILHA
Musica: Gioacchino Rossini
Libreto: Cesare Sterbini
Regencia: Maestros Romano Gandolfi e Roberto Duarte
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro

1989

A VIDA DE GALILEU
de Bertold Brecht
Direção: Celso Nunes
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Kalma Murtinho
Iluminação: Aurelio de Simoni
Teatro Guaira-Auditorio Salvador Ferrante, Curitiba
NORMA
Musica: Vincenzo Bellini
Libreto: Felice Romani
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: acervo
Figurinos: acervo
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, São Paulo

1990

UMA ILHA PARA TRES
de Andre Roussin
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Musica: Murilo Alvarenga
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Bibi Ferreira, São Paulo
EM BUSCA DOS BONS MOMENTOS
de Paulo Pelico
Direção: Roberto Lage
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Direção Musical: Julio Medaglia
Coreografias: Vivien Buckup
Adereços: Gianni Ratto
Teatro Dias Gomes, São Paulo

1991

LISISTRATA
de Aristofanes
Direção: Gianni Ratto e Regina Galdino
Figurinos: Gianni Ratto
Iluminação: Marcos Ribeiro
Adereços: Gianni Ratto
Teatro Escola Celia Helena, São Paulo
LETTICE E LOTTE ( Quaff !)
De Peter Shaffer
Direção: Jose Renato
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Adereços: Gianni Ratto
Teatro Brasileiro de Comedia. São Paulo
DON GIOVANNI
Musica: Wolfgang Amadeus Mozart
Libreto: Loenzo da Ponte
Regencia: Maestro Henrique Morelembaum
Direção: Gianni Ratto
Concepção cenica: Gianni Ratto
Figurinos: acervo
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Rio de Janeiro
RIGOLETTO
Musica: Giuseppe Verdi
Libreto: Francisco Maria Piave
Regencia: Maestro Alceu Bocchino
Direção: Gianni Ratto
Figurinos: Tony Silveira
Coreografias: Jaci Moraes
Iluminaçao: Gianni Ratto
Teatro Guaira, Curitiba

1992

SENHORITAS Q.D.
de Cristina Bueno e Ines Viana
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Aby Cohen
Figurinos Aby Cohen
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Campinas
A QUEDA DA CASA DE USCHER
Musica: Philip Glass
Libreto: Arthur Yorinks
Regencia: Maestro Thomas Toscano
Direçao: Harry Silverstein
Cenografia: Gianni Ratto
Figurinos: Carmela Gross
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Sala São Luis, São Paulo

1993

PORCA MISERIA
de Jandira Martini e Marcos Caruso
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Renato Scripilitti
Figurinos: Renato Scripilitti
Trilha Sonora: Aline/ Tunica
Iluminação: Giani Ratto
Teatro Bibi Ferreira, São Paulo
O MAMBEMBE
de Arthur Azevedo
Direção: Gianni Ratto
Cenarios; Augusto Francisco
Figurinos: Augusto Francisco
Musica: Eduardo Seincman
Coreografias: Ana Maria Spier
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro TUSP, São Paulo
AS BRUXAS ( Entre mulheres)
de Santiago Moncada
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Renato Scripilitti
Figurinos: Leda Senise
Iluminaçao: Gianni Ratto
Teatro Sala São Luis, São Paulo

1994

A ULTIMA CARTA
de Nicola Martin
Direção: Gianni Ratto
Figurinos: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Centro Cultural São Paulo, São Paulo

1996

MORUS E SEU CARRASCO
de Renato Gabrielli
Direçao: Gianni Ratto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Fabio Namatame
Musica: Oliviero Pluviano
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Ruth Escobar, São Paulo
ÓPERA DO CAFÉ
Musica: Hans Joachim Kollreuter
Texto: Mario de Andrade
Regencia: Luis Gustavo Petri
Direção: Fernando Peixoto
Cenarios: Gianni Ratto
Figurinos: Maria do Carmo Brandini
Teatro Municipal, Santos

1998

A ENTREVISTA
de Fernando Moreira Salles
Direção: Maria Lucia Pereira
Espaço cênico: Gianni Ratto
Iluminaçao: Gianni Ratto
Teatro Sesc Pompeia, São Paulo
VERMOUTH
de Aimar Labaki
Direção: Gianni Ratto
Cenarios: Giani Ratto
Figurinos: Fabio Namatame
Iluminação: Gianni Ratto
Trilha Musical: Aline
Preparação corporal: Ariela Goldman
Teatro Italia, São Paulo

2000

O ACIDENTE
de Bosco Brasil
Direção: Ariela Goldman
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Porão-Centro Cultural São Paulo, São Paulo
O PAPAGAIO VERDE
de Arthur Schitzler
Direção: Ariela Goldman
Cenario: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro da E.A.D.-USP, São Paulo

2001

UMA VIDA NO TEATRO
de David Mamet
Direção: Francisco Medeiros
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminaçao: Gianni Ratto
Teatro Municipal, Avaré (Circuito interior paulista)

2002

SELVAGEM COMO O VENTO
de Tereza Freire
Direção: Denise Stocklos e Hugo Hojas
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Casa de Cultura Laura Alvim, Rio de Janeiro
NOVAS DIRETRIZES EM TEMPOS DE PAZ
de Bosco Brasil
Direção: Ariela Goldman
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Ágora, São Paulo

2003

O DIA DO REDENTOR
de Bosco Brasil
Direção: Ariela Goldman
Espaço cênico: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Sesc Copacabana, Rio de Janeiro

2004

SABADO, DOMINGO E SEGUNDA
de Eduardo De Filippo
Direção: Marcelo Marchiore
Cenarios: Gianni Ratto
Iluminação: Gianni Ratto
Teatro Das Artes, São Paulo

A MOCHILA DO MASCATE - GIANNI RATTO
Direção: Gabriela Greeb
Roteiro: Antonia Ratto e Gabriela Greeb
Brasil e Itália, 2003

GIANNI RATTO - A ESSÊNCIA DA CENA
Roteiro e direção: Luis Fernando Ramos
São Paulo, 2002

LIVROS DE GIANNI RATTO

"A MOCHILA DO MASCATE”,
autobiografia,
Editora Hucitec, 1996.
Reedição Editora Bem-Te-Vi, 2016.

"ANTITRATADO DE CENOGRAFIA”,
livro técnico e conceitual de cenografia,
Editora Senac, 2001.

“CRÔNICAS IMPROVÁVEIS”,
livro de contos,
Editora Códex, 2002.

“HIPOCRITANDO”,
livro de provocações poéticas sobre a arte do ator,
Editora Bem-Te-Vi, 2004.

“NOTURNOS E OUTROS CONTOS FANTÁSTICOS”,
livro de contos,
Editora Códex, 2005.


BIBLIOGRAFIA

SCENOGRAFIA TEATRALE
de Guido Frete - G.G.Gorlich Editore - Milano

VISUALITÁ DEL MAGGIO

HISTOIRE DES SPECTACLES
Gallimard- Enciclopédie de la Plêiade - Paris

TEMPI E ASPETTI DELLA SCENOGRAFIA
curadoria Marziano Bernardi
Edizioni Radio Italiana - Torino - 1954

DAS BUHNENBILD
de Ottmar Schuberth - G.D.W.Callwey - Munchen - 1955

STAGE DESIGN TROGHOUT THE WORLD
de René Hainaux - Theatre Arts Book - New York - 1964

LA SCALA
de Gampiero Tintore - Nuove Edizione Milano - 1966

SAN MINIATO, LA FESTA DEL TEATRO
Istituto del Drama Popolare - 1971

PAOLO GRAASSI - QUARANT´ANNI DI PALCOSCENICO
curadoria Emilio Pozzi - Mursia Editore - 1977